A Nobre casa de Guedes

Este blog não poupará as mentiras de Nobre Guedes e os crimes da rede que anos a fio mercadejou ruínas, terrenos e almas, de forma absolutamente impune. A legalidade exemplar de Guedes é um exemplo vergonhoso de violação das leis, do decoro e da inteligência. A cultura de poder deste turiferário da extrema-direita fede e a prosápia nauseia. Leia este blog com lenço à mão...

14.10.04

«SÃO OS IMPOSTOS, ESTÚPIDO!»

Lembram-se da frase que Clinton mandou afixar em todas as salas de trabalho do seu quartel-general? "It's the economy,stupid!", "centra-te nas questões económicas, pá!", não te deixes desviar para outros tópicos que só servem de diversão.

No caso de Guedes, a guerra de diversão tem aspectos pitorescos, próximos do ridículo. Mas bastam para desviar a atenção dos desprevenidos. Exemplos: (1) tem peças contraditórias nos seu processo na câmara e no Parque ----tira da cartola o truque de anunciar que pôs "o processo" (inculcando que é só um e logo tudo está à vista]; (2) Está a ser demonstrada a falsificação de peças processuais----pede à Câmara amiga que "ponha na Net" "tudo" ( e esta põe apenas uma jura de que tudo está óptimo, sem cópias das peças, porque isso seria Net a mais).Etc.

Eis senão quando, um Zorro amigo leu um post aqui publicado sobre as declrações de Teresa de Almeida referentes do inquérito da IGA sobre corrupção no Parque. Aquela parte em que ela diz que só gente da média/alta compra terrenos na Arrábida dados os custos.

Num pequeno debate, fez-se súbita luz: Guedes declara que pagou 20 mil contos pela quinta da Periquita. Teve o cuidado de publicitar que até pagou 5 anos de imposto autárquico, sem nenhuma necessidade. ?????????????????????????

JUNTEMOS AS DUAS COISAS. Para quê este alardear de cuidado fiscal? Conhecendo os truques do sujeito e o seu padrão de conduta viciosa, chega-se depressa e bem a uma conclusão mortal: Guedes quer evitar que alguém faça perguntas em matéria fiscal. E sabe bem porquê.

1) A escritura de compra da ruína tem um valor de venda declarado que a Teresa Almeida acharia típico da classe média/baixa.Guedes é da alta/alta (nem lhe vai chegar o ordenado de ministro para pagar o IRS de 2003, coitado!).

2) O terreno é numa zona cara e com uma ruína tão boazinha e enorme, toda certificada, toda legal , é vendida por apenas 20 mil continhos????!
Alguém acredita nesta historinha?

QUANTO PAGOU GUEDES DE SISA?

Esta pergunta vai irritar muito o Ministro, mas a resposta é fatídica.
Moral da história: gato escondido com sisa de fora.


Afixámos no nosso quartel general um cartaz que diz: «SÃO OS IMPOSTOS, ESTÚPIDO!» e não vamos largar Guedes até que desvende mais esta peça da sua desgraçada carreira de "legalidades exemplares".