A Nobre casa de Guedes

Este blog não poupará as mentiras de Nobre Guedes e os crimes da rede que anos a fio mercadejou ruínas, terrenos e almas, de forma absolutamente impune. A legalidade exemplar de Guedes é um exemplo vergonhoso de violação das leis, do decoro e da inteligência. A cultura de poder deste turiferário da extrema-direita fede e a prosápia nauseia. Leia este blog com lenço à mão...

12.10.04

Diálogo com Causa-Nossa
Num post, VM cita um leitor que sobre a ruína de Nobre Guedes escreveu:
«Eu acho que nem se deve discutir a área da ruína do Nobre Guedes (como fez VM). Discutir essa área é entrar no jogo dele. A questão que importa colocar é, como é que a ruína de um casebre, há muito desabitado e sem uso, pode dar lugar a uma moradia de segunda habitação?
Vejamos: o que a lei pretende é que não haja construções novas dentro do parque natural. Dentro desse espírito, a lei permite apenas a renovação de contruções existentes e ligadas a actividades existentes (morada de pessoas ou actividades agrícolas). O que Nobre Guedes (e outros) fizeram foi subverter o espírito e a intenção da lei para permitir a instalação de atividades NOVAS dentro do parque natural. Nomeadamente, a atividade "segunda habitação".
Toda a história da "ruína" é uma trafulhice vergonhosa, um engano à lei. Independentemente da área da ruína. (...)»
(Luís Lavoura)

As duas coisas relevam! Para satisfazer as pretensões ilegais Guedes usou os serviços de gente incriminada pelo relatório da IGA que emitiu um atestado com base numa falsificação do tamanho da ruína...

2 Comments:

Blogger Francisco said...

Caros amigos
Apenas gostaria deixar aqui algumas reflexões:
Realmente a Arrábida tem sofrido um assalto semelhante à invasão do Iraque....correndo risco de ficar semelhante a uma qualquer Bagdad...
Tem existido uma enorme apetência por todas as zona protegidas....acho que a melhor maneira de proteger alguma zona do nosso país é retirar-lhe o estatuto de protegida...assim deixa de ter interesse para promotores, especuladores, residentes de fim de semana, politicos, emrgentes, etc....mudam-se os tempos mudam-se os destinos...acabada que está a zona de Sintra-Cascais (lembro-me de algumas coisas em Cascais na época de Cavaco e que forma terminadas por Judas e os licenciamentos foguete de casas de dirigentes Socialistas na Praia Grande e Rodízio na época Edite Estrela)...avança-se para a Arrábida com vista já no Parque Natural da Costa Alentejana
A atitude de Nobre Guedes é apenas o que talvez 90 % das pessoas fazem em relação ás áreas, ruínas, apoios agrícolas, etc...existem milhares de metros quadrados em Portugal que são antigas "ruínas" que engordaram com o aumento do estado de ruína, apoios agrícolas com camas, televisões, ar condicionado e afins em pseudo explorações agrícolas que nem as flores decorativas lá se conseguem criar, etc etc...muitas vezes ao abrigo de PDM's desjustados e com o beneplácito de funcionários camarários que aprovam cegamente tudo o que lhe pôem à frente...desde que "cumpra" a lei!!
Um outro aspecto desgradável e reprovável é o facto de de Nobre Guedes ter feito o levantamento, projecto e contrução com a mesma pessoa (de acordo com o Expresso) que é um desenhador da C M de Setúbal...como isto é possível...alguém que desenha e constrói?...que é técnico da Cãmara que aprova?...Um Parque Natural que aprova projectos sem serem projectados por arquitectos?...Alguém como Nobre Guedes, que se supôe uma pessoa culta, esclarecida, informada (agora responsável pelo Ambiente) que recorre a expedientes e contrata um desenhador(?)...para que servem os arquitectos então??...
Resta a confiança que as consciências vão despertando e que ainda vamos a tempo de salvar alguns restos do noso País!

12 de outubro de 2004 às 15:14  
Blogger Francisco said...

Uma achega...por coincidência, o assessor de imprensa de Nobre Guedes é o jornalista Miguel Nobre Guedes Braga, sobrinho do mesmo...!!

12 de outubro de 2004 às 17:36  

Enviar um comentário

<< Home